Já pensou no seu jardim de Natal?

Ainda não? Então corre que dá tempo. E para facilitar sua vida separamos aqui algumas plantas com as cores do Natal, como o verde-escuro, o vermelho intenso e tons de prata. Mesmo que seu jardim seja de sol pleno ou meia sombra, existe uma opção natalina para você! Para uma lista completa do que produzimos Clique Aqui.

Plantas de pleno sol


Salvia (Salvia splendens)

Flores de vermelho intenso e abundantes nessa época. As folhas verdes de tonalidade escura. Usada como forração e maciços, necessita de regas regulares.

Rabo-de-gato (Acalypha reptans)

Planta rasteira de inflorescência vermelha e com textura de pelúcia, as folhas são pequenas e de verde fosco. Usada como forração, bordadura e pendente.

Penta (Pentas lanceolata)

Planta de florescimento muito ornamental. Existe em diversas cores disponíveis graças ao melhoramento genético. Atrai muitos beija-flores e borboletas durante seu florescimento.

SunPatiens (Impatiens hawkeri)

A SunPatiens foi introduzida no mercado recentemente, híbrida da Impatiens ou beijinho, como é popularmente conhecida. Ela passou por um melhoramento genético resultando em uma planta mais robusta, que pode ser cultivada em pleno sol. Usada como forração, maciços e bordadura.

Periquito (Alternanthera ficoidea)

Planta herbácea de folhagem muito ornamental. Suas folhas são pequenas de coloração avermelhada. Usado como forração e bordadura.

Begônia-dragon (Begônia cinnabarina Hook)

Inflorescências levemente pendentes, com poucas flores na cor vermelha. Cultivada em vasos e jardineiras ou diretamente no chão. As folhas são grandes e de um verde brilhante.

Iresine (Iresine herbstii)

No jardim destaca-se pelo volume e textura de suas folhas. As flores tem importância ornamental secundária. Usada como maciços, bordaduras, renques ou composições com outras plantas.

Cinerária (Senecio douglasii)

É uma planta diferente do usual, com folhagem cinza esbranquiçada e de textura aveludada. Resistente a seca e frio. Suas flores não possuem valor ornamental. Usada em maciços e bordaduras.

Grama Amendoim (Arachis repens)

Planta rústica de rápida brotação. Muito usada em taludes. Suas folhas são pequenas e abundantes, formando um denso colchão. Já as flores são amarelas e pequenas com importância ornamental secundária.


Plantas de meia sombra


Algumas plantas de pleno sol podem ficar também em meia sombra. São elas: Iresine, Rabo-de-gato, grama-amendoim. Como regra geral pode-se dizer que plantas que aceitam os dois ambientes tendem a florescer menos quando em meia sombra.

Impatiens (Impatiens hawkeri)

Não confundir com SunPatiens.
Rústica e muito florífera. Folhas macias e caule suculento. Suas flores grandes ocorrem em diversas cores como: vermelho, branco, salmão e outras. Não tolera falta de água, necessitando de regas constantes. Usada como forração, maciços e bordaduras.

Pilea (Pilea cadierei)

Planta herbácea, muito apreciada pela sua folhagem decorativa. As folhas são de coloração verde-azulada com variegações prateadas. Possui flores discretas, brancas, de pouca importância. Usada como forração, maciço e bordaduras.

Aspargo (Asparagus densiflorus)

Com aspecto de pluma, é uma bela folhagem, composta de vários ramos. De aspecto delicado, é uma planta relativamente rústica. Usado como forração e bordadura.

Brilhantina (Pilea microphylla)

Suas folhas são muito brilhantes, suculentas e pequenas. Sua estrutura é bastante ramificada e ereta assemelhando-se a ramos de ciprestes. Usada como forração e bordadura.

Singônio (Syngonium angustatum)

Com folhagem decorativa, o singônio é muito usado em interiores devido sua adaptação a luminosidade. Suas folhas se alteram de acordo com a idade da planta, quando jovens são mais claras e ficam completamente verdes quando maduras.